Troço das Antigas Muralhas de Defesa

Horário de funcionamento

24 horas por dia/ 7 dias por semana

Introdução

Este segmento remanescente das antigas muralhas de defesa da cidade, construídas a partir de 1569, é testemunho da tradição portuguesa de construir muralhas defensivas em redor das suas cidades portuárias, tal como já havia sido feito em África e na Índia. Em Macau, este segmento de muralha testemunha a incorporação de técnicas e materiais locais na execução de estruturas defensivas, em particular no que se refere à utilização de um material designado por "chunambo", correspondente a uma mistura de barro, terra, areia, palha de arroz, pedras e conchas de ostras moídas, num aglomerado, compactado em camadas sucessivas. A relação do troço de muralha com a sua envolvente é também significativa, tendo em conta a proximidade desta estrutura ao Templo de Na Tcha, Ruínas de S. Paulo e Fortaleza do Monte, assumindo-se como parte integrante da estrutura de defesa da "acrópole" de Macau.


photo
Fachada Sudeste